(Kacper Pempel/Reuters)

A empresa Yahoo do Brasil retirou as menções ao site “Tudo sobre todos” de seus resultados de busca. Entretanto, a Google e a Microsoft, responsável pelo Bing, se recusaram a atender a solicitação do Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT). Em julho, a Comissão de Proteção de Dados do MPDFT abriu inquérito para investigar a página e solicitou aos principais buscadores de internet que retirassem a URL do site dos resultados das buscas.

Para o promotor de Justiça Frederico Meinberg, coordenador da comissão, a recusa da Google e da Microsoft demonstra o nível de preocupação das duas empresas com a privacidade dos dados pessoais dos brasileiros.

A página “Tudo sobre todos” permite a consulta e a venda dos dados pessoais de brasileiros, como nome, endereço, CPF, perfis em redes sociais e até nomes de vizinhos. Para a Comissão, a ilegalidade do serviço é manifesta.

error:
0