Vietnã registra primeiras mortes por covid-19 | Claudio Tognolli

Deutsche Welle

Em frente a bloqueio, policial em Hanói indica caminho de desvio para motoqueiroEm Hanói, ruas foram bloqueadas para ser desinfetadas

O Vietnã registrou nesta sexta-feira (31/07) as primeiras mortes por covid-19 desde seus primeiros casos confirmados, em janeiro. O país enfrenta um novo surto da doença depois de ganhar elogios em todo mundo por uma das respostas mais bem-sucedidas à pandemia.

De acordo com comitê especial para a gestão do vírus, a primeira vítima da covid-19 no Vietnã foi um idoso de 70 anos, morador da cidade turística de Hoi An, perto de Danang, epicentro do novo surto. Poucas horas depois, o Ministério da Saúde do país confirmou uma segunda morte, um homem de 61 anos que também estava internado num hospital de Danang.

Com poucos casos e nenhuma morte, o país de 96 milhões de habitantes era visto como uma história de sucesso no combate à pandemia e chegou a ficar 99 dias sem registrar casos de infecção comunitária. Na semana passada, porém, um surto de origem desconhecida eclodiu em Danang.

Apenas nesta sexta-feira, foram registrados 82 novos casos, o número mais alto em um único dia desde o início da epidemia. Infeções foram confirmadas em seis regiões do Vietnã, incluindo três das maiores cidades, forçando as autoridades a reintroduzir medidas restritivas para conter o avanço da covid-19.

Na capital Hanói, testes em massa voltaram a ser realizados. Também proibiram-se grandes aglomerações e foi ordenado o fechamento de bares, casas noturnas e do comércio de rua. Isolada do resto do país, Danang vive seu mais rigoroso confinamento desde o início da pandemia, com ruas vazias e centenas de empresas fechadas.

As autoridades de Hanói, Ho Chi Mihn e Danang restabeleceram o uso de máscara, bloquearam e desinfetaram ruas onde há suspeita de infecção e publicaram uma lista de locais onde os infectados estavam, antes de ser internados. Em Danang está sendo construído um hospital de campanha com mil leitos.

Com as recentes infecções, o Vietnã registrou desde janeiro um total de 546 casos de covid-19 e duas mortes. Para alguns especialistas, o retorno do vírus é resultado de um relaxamento excessivo entre a população, que voltou a plena normalidade com centros turísticos lotados, somado à confiança excessiva de autoridades e profissionais de saúde de que o coronavírus fora banido do país para sempre.

error: