STF homologa delações de executivos da OAS – Claudio Tognolli

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), homologou o acordo de delação premiada de oito ex-funcionários da OAS. Os ex-empregados trabalhavam no setor responsável pelo caixa dois e pelos repasses de propina da empreiteira, a chamada “controladoria”, segundo informações da Folha de S. Paulo.

Fachin homologou as delações em março, mas elas ainda estão sob sigilo de Justiça. Os ex-funcionários trabalhavam no controle interno, assim há um grande volume de documentos que podem permitir a comprovação de crimes como corrupção e lavagem de dinheiro.

O acordo foi feito de  forma separada da cúpula da empreiteira, fechado antes mesmo do ex-presidente da construtora, Léo Pinheiro, que vem sendo negociado há mais de dois anos.

error:
0