‘Se Aras fechar os olhos para o relatório da CPI, mais uma vez estará prevaricando’, diz Miriam Leitão | Claudio Tognolli

Em sua coluna publicada no jornal O Globo, a jornalista Miriam Leitão afirma que, se “o procurador geral da República, Augusto Aras, fechar os olhos mais uma vez” para o relatório da CPI da Covid, “estará prevaricando”. “É seu dever olhar as denúncias que serão levadas a ele. Já Arthur Lira assumirá definitivamente o papel de cúmplice se nada fizer”, destaca a colunista.

Segundo Miriam, “algumas acusações a Bolsonaro são de fácil comprovação”. O crime de epidemia com resultado morte, previsto no artigo 267 do Código Penal foi praticado à luz do dia, repetidamente”. “Bolsonaro trabalhou para espalhar o vírus e o fez para que o país atingisse a suposta imunidade de rebanho”, diz.

“Há quem afirme que a CPI não dará em coisa alguma, porque Bolsonaro está blindado pela dupla Augusto Aras-Arthur Lira. Nenhuma blindagem dura para sempre. Essa tem prazo de validade. Se a popularidade permanecer baixa reduzindo as possibilidades de reeleição e os problemas econômicos, orçamentários e políticos continuarem se acumulando, Bolsonaro perderá seus protetores”, acrescenta.

error: