Relatório da Diretoria de Análises de Políticas Públicas (DAPP)(FGV) aponta que revelação da troca de mensagens entre o atual ministro da Justiça Sérgio Moro e procuradoresteve 1,52 milhão de menções no Twitterr | Claudio Tognolli

Um relatório da Diretoria de Análises de Políticas Públicas (DAPP) da Fundação Getulio Vargas (FGV) aponta que revelação da troca de mensagens entre o atual ministro da Justiça Sérgio Moro e procuradores teve 1,52 milhão de menções no Twitter, até às 12h desta segunda-feira (10). A maior parte das repercussões se concentrou em Moro, sendo seguida por menções ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pelo procurador Deltan Dallagnol.

Segundo o DAPP, a hashtag mais utilizada. #vazajato teve alcançou mais de 8,2 mil postagens até às 23h do domingo, quando foi superada pela #euapoioalavajato, na manhã da segunda-feira (10). As 300 notícias com maior engajamento sobre o assunto no Facebook e no Twitter alcançaram 7,4 milhões de interações desde o domingo. O link do site The Intercept, com a troca de mensagens entre Moro e Dallagnol, registrava mais de 402 mil interações até a manhã desta segunda-feira.

error:
0