Relações bilaterais entre a China e a Rússia tomarão novo impulso com a visita de Vladimir Putin, a partir da sexta-feira (8) – Claudio Tognolli

A China acredita que a iminente visita do presidente russo, Vladimir Putin, injetará novo impulso às relações bilaterais, disse na terça-feira (5) uma porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês.

Putin realizará uma visita de Estado à China de 8 a 10 de junho e assistirá à Cúpula de Qingdao da Organização de Cooperação de Xangai (OCX).

A porta-voz Hua Chunying disse que será a primeira visita de Putin à China no novo mandato e que será realizada a primeira reunião neste ano entre os chefes de Estado dos dois países.

“A visita terá grande significado para o planejamento do desenvolvimento das relações China-Rússia e para promover a cooperação bilateral em vários setores.”

O presidente chinês, Xi Jinping, e Putin realizarão conversações de diferentes níveis, darão coletivas de imprensa, assistirão a cerimônias de assinatura, participarão de jantares e recepções, e trocarão opiniões sobre relações bilaterais e cooperação em áreas chave, assim como outros assuntos regionais e internacionais de interesse comum.

Os dois chefes de Estado devem divulgar importantes documentos políticos e assinar uma série de acordos de cooperação em vários campos, segundo Hua.

Os dois líderes também assistirão a atividades culturais.

“Acreditamos que, com esforços de ambos os lados, a visita será bem-sucedida e frutífera e injetará novo e forte impulso ao desenvolvimento da parceria estratégica a

error:
0