Queimadas no Amazonas atingem recorde histórico, segundo Inpe | Claudio Tognolli

 O número de queimadas no Amazonas em 2020 já superou o recorde anterior, de 2005, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Até o domingo, 11, o estado registrou 15.701 focos ativos de incêndios. Durante todo o ano de 2005, o número foi de 15.644 casos.

 

O levantamento de focos ativos de incêndio do Inpe passou a ser feito em 1998. As cidades mais afetadas no estado são Apuí e Lábrea, que fazem fronteira com o Mato Grosso, estado afetado pelas queimadas no Pantanal.

De acordo com o Inpe, a Amazônia é o bioma mais afetado em 2020 por queimadas, com 45,6% dos incêndios ocorrido no Brasil neste ano. A Amazônia também é a mais afetada pelo desmatamento.

error: