Procurador da Lava Jato pede Fora Bolsonaro: 'Não podemos mais aceitar o que acontece' | Claudio Tognolli

Em artigo publicado nesta sexta-feira (23) no portal Uol, o procurador aposentado da Lava Jato, Carlos Fernando dos Santos Lima pediu o afastamento de Jair Bolsonaro e disse que a gota d’água para o seu desabafo foi “a politização de uma crise de saúde pública que, até agora, levou mais de 150 mil brasileiros”.

 

“Não podemos mais aceitar o que acontece”, afirmou. “A saída de Bolsonaro do poder é uma obrigação moral. Seja pela sua não reeleição ou, a via mais urgente, pelo impeachment, que existe para dar uma solução para situações em que haja um crime de responsabilidade. E deixar que brasileiros morram por opção política é sim suficiente para isso”, continuou.

De acordo com o procurador, “se corrupção mata, falta de caráter e irresponsabilidade matam também. É mais que hora de dizermos não a essa ideologização da saúde pública”.

error: