Presidente Jair Bolsonaro demite o general Marco Aurélio Costa Vieira do cargo de secretário especial de Esporte do Ministério da Cidadania – Claudio Tognolli

Em pouco mais de 100 dias de governo, o presidente Jair Bolsonaro demitiu mais um integrante de sua equipe. Foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (18), a exoneração do general Marco Aurélio Costa Vieira do cargo de secretário especial de Esporte do Ministério da Cidadania.

O substituto ainda não foi anunciado, mas segundo fontes, o general Décio Santos Brasil, que foi vice-chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército e comandou a 14ª Brigada de Infantaria Motorizada, deve ocupar o cargo.

A saída de Marco Aurélio é atribuída a disputa interna entre militares que integram o governo e o ministro Osmar Terra, que comanda a pasta da Cidadania.

A briga foi por conta da escolha de subordinados no órgão, cuja a decisão era de exclusividade do ministro, o que desagradou o secretário militar.

A nomeação do ex-jogador de futebol Washington Stecanela Cerqueira, conhecido como Coração Valente, para o cargo de secretário nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social, teria sido o estopim que resultou na saída do general.

error:
0