Prefeito de São Paulo desistie de decretar feriado na cidade nesta segunda-feira – Claudio Tognolli

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), informou no fim da manhã deste domingo (27) que desistiu de decretar feriado na cidade nesta segunda. Segundo ele, o serviços essenciais, como aulas nas escolas municipais e circulação dos ônibus (mesmo que parcial), estão garantidos. Segundo o prefeito, entretanto, o estoque de combustível para os veículos ligados aos serviços municipais é o suficiente para manter as atividades gerais apenas até amanhã e não há garantias de funcionamento na terça-feira (29).

Covas falou à imprensa após mais uma reunião do comitê de gestão de crise criado pela Prefeitura, que reúne o prefeito e representantes das principais secretarias municipais.”Fizemos ontem uma série de operações para garantir os serviços essenciais e, com isso, no dia de hoje, o único serviço que está prejudicado é a coleta seletiva”, disse Covas. “Com isso, não há nenhuma necessidade de ponto facultativo ou feriado.”Os serviços de coleta de lixo na cidade foram suspensos na sexta-feira e, segundo o prefeito, é a única atividade que está prejudicada.

“Hoje não temos nenhuma necessidade; mantemos apenas três pontos de atenção”, disse Covas, mencionando, além da coleta, o transporte coletivo e as escolas públicas.

Segundo a prefeitura, as escolas municipais têm gás de cozinha e ingredientes para merenda suficientes para servir os alunos apenas nesta segunda-feira. As aulas, para amanhã, estão mantidas.

Novas operações de escolta de combustível estão sendo planejadas para as próximas horas, para a manutenção das aulas de terça-feira em diante, mas por ora não há garantias da prefeitura.

O mesmo vale para os ônibus. “As companhias devem circular com 60% a 80% da frota amanhã [segunda-feira]”, disse. Para terça-feira, não há combustível suficiente e a confirmação do serviço depende da chegada de novos reforços de diesel.

error:
0