Pesquisa CNT/MDA aponta um empate técnico entre o candidato do PSDB ao governo de São Paulo, João Doria, e Paulo Skaf (MDB), com 16,4% e 16,2%, respectivamente. O levantamento foi feito com 2.002 eleitores em 75 municípios de 2 a 5 de agosto. A pesquisa tem margem de erro de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos.

De acordo com o levantamento, o governador Márcio França (PSB) atinge 5,0%, logo à frente de Luiz Marinho (PT), com 4,8%.

O Prof. Lisete Arelaro (PSOL) alcança 2,8%; Rodrigo Tavares (PRTB) e Toninho Ferreira (PSTU) têm 1,0%, seguidos por Rodrigo Chequer (Novo), com 0,9%.

Adriano Costa e Silva (DC) e Cláudio Fernando (PMN) atingem 0,4% cada.

Brancos e nulos somam 29,5% e indecisos, 21,4%.

Segundo turno

Na simulação de segundo turno, Doria perde para Skaf por 29,7% a 26,8%. Brancos e nulos somam 26,7% e indecisos, 16,8%.

No cenário contra Luiz Marinho, do PT, o tucano vence por  33,6% a 17,6%. Brancos e nulos somam 29,5% e indecisos, 19,3%.

Na disputa contra Márcio França, Doria também ganha por 31,2% a 20,6%. O percentual de brancos e nulos é de 29,9% e o de indecisos, 18,3%.

Em outra cenário, Márcio França vence Luiz Marinho por 25,2% a 15,3%. A porcentagem de brancos e nulos é de 34,1% e a de indecisos, 25,4%.

De acordo com o levantamento, Skaf ganha do governador por 30,8% a 17,9%. Neste caso, brancos e nulos somam 30,4% e indecisos, 20,9%.

Skaf também vence Luiz Marinho (35,6 x 13,2); brancos/Nulos, 29,9, e indeciso, 21,3.

O levantamento tem 95% de nível de confiança.

error:
0