Pedido de expulsão do deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) vai ser ser analisado nesta quarta-feira (21) | Claudio Tognolli

O diretório do PSDB em São Paulo encaminhou, nesta terça-feira (20), ao diretório nacional da legenda o pedido de expulsão do deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG). No pedido, aprovado por unanimidade pela executiva estadual, os tucanos paulistas pedem o afastamento imediato do parlamentar mineiro, seguido pela sua expulsão definitiva. A ação deverá ser analisada nesta quarta-feira (21).

“A gente pede a celeridade. O prazo total é de três meses, mas achamos que não deve demorar tanto assim”, disse o presidente do diretório estadual paulista, Marco Vinholi, ao jornal O Globo. “Ele terá amplo direito à defesa. Nós nos baseamos no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF). A partir disso, a Comissão de Ética poderá avaliar essas infrações”, completou.

Aécio Neves é acusado de ter incorrido nos crimes de corrupção passiva e de obstrução de Justiça e virou réu no STF em abril deste ano.

error: