Paulo Guedes alega que seu celular foi hackeado | Claudio Tognolli

O ministro da Economia, Paulo Guedes, alega que seu celular foi hackeado, na noite desta segunda-feira. Segundo a assessoria do ministro, por volta de 22h30, o telefone de Guedes entrou para o aplicativo de mensagens Telegram. Depois, a informação é a de que o ministro teve o celular clonado.

A reportagem do jornal O Globo destaca que “Guedes é o segundo ministro do governo a ser alvo de hackers. Antes dele, o ministro da Justiça, Sergio Moro, também relatou que o celular foi invadido.”

A matéria ainda informa que “a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), líder do governo no Congresso, também afirmou, no fim de semana, que teve seu telefone celular clonado na madrugada de domingo.”

Sobre isso, este site foi os primeiro a denunciar

error: