Paraguai diz que situação da pandemia no Brasil é caótica e que irá demorar para reabrir fronteira | Claudio Tognolli

As autoridades de Saúde do Paraguai avaliam que a fronteira do país com o Brasil deverá demorar para ser reaberta em função do avanço da pandemia da Covid-19. O Paraguai avalia a situação no Brasil como “caótica”. “A situação no Brasil é bastante caótica. Estamos firmes nisso. Vamos esperar passar a onda no Brasil para começar a falar sobre reabertura da fronteira”, disse o chefe da Diretoria de Vigilância da Saúde do Paraguai, Guillermo Sequera.

Nesta sexta-feira (5), o Brasil ultrapassou a marca de 34 mil mortos pela Covid-19 e, em apenas 24 horas, teve mais de 1,4 mil mortes. O número de contaminados pela doença chega a 618 mil. O Paraguai registra 1.087 casos confirmados e 11 óbitos.

Segundo reportagem do jornal O Globo, a reabertura da fronteira com o Brasil depende do que acontecerá na cidade de Foz do Iguaçu (PR), que também faz fronteira com a Argentina. “Nós nos cuidamos em relação a São Paulo e Rio de Janeiro e eles (Foz do Iguaçu) não interromperam sua mobilidade (com estas duas cidades). Se continuam abertos, a recomendação é não abrir a fronteira”, ressaltou Sequera.

“Se Foz se blindar e quiser trabalhar diretamente com Ciudad del Este, pode-se pensar em uma reabertura, mas entendo que o negócio fronteiriço não será depois com Foz, e sim com São Paulo”, completou.

error: