O  principal assessor de política externa de Jair Bolsonaro, Filipe Martins, decidiu insultar o prefeito de Nova York, Bill de Blasio | Claudio Tognolli

 “Não há surpresa alguma em ver Bill de Blasio — um sujeito que colaborou com a revolução sandinista, que considera a USSR um exemplo a ser seguido e que faz comícios no monumento dedicado a Gramsci no Bronx — criticando o PR Bolsonaro. Surpresa seria uma toupeira dessas o elogiar”, afirmou.

Martins tentou responder às críticas que Blasio fez a Bolsonaro nesta semana. “Ele é perigoso não apenas por causa de seu racismo e homofobia evidentes, mas porque ele é, infelizmente, a pessoa com mais condições de impactar sobre a Amazônia”, disse o prefeito.

Abaixo, o tweet do assessor de Jair Bolsonaro:

Filipe G. Martins@filgmartin

Não há surpresa alguma em ver Bill de Blasio — um sujeito que colaborou com a revolução sandinista, que considera a USSR um exemplo a ser seguido e que faz comícios no monumento dedicado a Gramsci no Bronx — criticando o PR Bolsonaro. Surpresa seria uma toupeira dessas o elogiar.

2.099 pessoas estão falando sobre isso
error: