O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, não irá à próxima Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), em Nova York, na semana que vem, por conta da "atual situação política" do país | Claudio Tognolli

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, não irá à próxima Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), em Nova York, na semana que vem, por conta da “atual situação política” do país.

A informação foi divulgada pelo gabinete do premier, que tinha um encontro marcado com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, durante a cúpula. A apuração das eleições legislativas desta terça (17) ainda não terminou, mas já se sabe que nenhum grupo político terá maioria no Parlamento.

O bloco liderado pelo Likud, partido de Netanyahu, que também conta com legendas de extrema direita e ultraortodoxas, deve ter 56 dos 120 assentos no Knesset. Já a centro-esquerda, incluindo a coalizão Azul e Branco, de Benny Gantz, e siglas árabes, deve obter 55.

As nove cadeiras restantes provavelmente ficarão com o partido nacionalista Yisrael Beiteinu, do ex-ministro da Defesa Avigdor Lieberman, que defende uma ampla coalizão com Netanyahu e Gantz.

error:

Notice: Undefined index: prnt_scr_msg in /var/www/wp-content/plugins/wp-content-copy-protector/preventer-index.php on line 171