O Instituto Brasil 200, formado por empresários ligados à direita, irá apoiar publicamente as manifestações em defesa do governo Jair Bolsonaro marcadas para este domingo | Claudio Tognolli

O Instituto Brasil 200, formado por empresários ligados à direita, irá apoiar publicamente as manifestações em defesa do governo Jair Bolsonaro marcadas para este domingo (26; dentre os empresários que irão apoiar as manifestações estão o dono da rede varejista Riachuelo, Flávio Rocha, Luciano Hang, dono da Havan, e João Appolinário, da rede Polishop, que também apoiaram o golpe contra Dilma Rousseff.

error: