Nova fase da Lava Jato mira Edson Lobão e prende seu filho, Márcio Lobão | Claudio Tognolli

A Polícia federal deflagrou nesta terça-feira (10) a operação galeria, 65ª fase da Lava Jato. Ao todo, cerca de 70 agentes federais e 18 auditores da Receita estão cumprindo 11 mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva. Entre os alvos da operação desta manhã está o ex-ministro Edson Lobão e seu filho, Márcio Lobão, que foi preso no Rio.

Em julho deste ano, Lobão, juntamente com o filho e a nora Marta Lobão, viraram réus na Lava jato pelas suspeitas dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro devido a um esquema de irregularidades nas obras da usina hidrelétrica de Belo Monte, entre 2011 e 2014, período em que Edson Lobão comandou o Ministério das Minas e Energia.

Segundo o MPF, Márcio Lobão e Edison Lobão teriam recebido propinas dos Grupos Estre e Odebrecht estimadas em cerca de R$ 50 milhões entre 2008 e 2014. O nome da operação faz referência às transações com obras de arte que teriam sido eftuadas para lavar o dinheiro do esquema.

error: