Na manifestação que acontece neste domingo (26), em frente ao Congresso, em Brasília, o MBL (Movimento Brasil Livre) foi chamado de "bando de traidores", enquanto que o vice-presidente, Hamilton Mourão, e o Centrão foram mandados "tomar naquele lugar" | Claudio Tognolli

Na manifestação que acontece neste domingo (26), em frente ao Congresso, em Brasília, o MBL (Movimento Brasil Livre) foi chamado de “bando de traidores”.

“O MBL acha que somos patos. A diferença é que nós somos brasileiros, somos o povo que elegeu o Bolsonaro. Bando de traidores”, discursou um dos organizadores, do alto do carro de som, informou Ricardo Della Coletta na Folha de S. Paulo.

Em faixa, manifestantes também mostraram desagrado ao vice-presidente, Hamilton Mourão, e ao Centrão do Congresso, mandando-os “tomarem naquele lugar” e dizendo que “Olavo é que tem razão”.

error:
0