MPRJ denuncia ex-procurador geral de Justiça, Cláudio Lopes, por crimes contra a Administração Pública – Claudio Tognolli

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do procurador-geral de Justiça em exercício, Ricardo Ribeiro Martins, denunciou, nesta terça-feira (09/10), quatro envolvidos em esquema comandado pelo ex-governador Sérgio Cabral, dentre eles o ex-procurador-geral de justiça Cláudio Lopes. Além de Cabral e Lopes, foram denunciados Wilson Carlos, então secretário de Governo, e Sérgio de Castro Oliveira , conhecido como Serjão.

Os quatro foram denunciados por formação de quadrilha,  corrupção passiva e ativa e quebra de sigilo funcional, crimes cometidos entre o final de 2008 e dezembro de 2012. O processo encontra-se sob sigilo.

A organização criminosa chefiada por Cabral foi responsável pela prática de diversos crimes na execução de obras custeadas com recursos federais captados pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro.

A denúncia foi oferecida pelo procurador-geral de Justiça em exercício, Ricardo Ribeiro Martins, que assumiu o comando do MPRJ desde o último dia 4 de outubro, quando Eduardo Gussem se desincompatibilizou da função, em observância às regras da eleição para a procuradoria-geral de Justiça no biênio 2019/2021.

No âmbito da Corregedoria-Geral do Ministério Público do Rio de Janeiro, está em andamento procedimento disciplinar sob sigilo.

error:
0