MPRJ denuncia engenheiro brasileiro suspeito por matar ex-namorada na Austrália – Claudio Tognolli

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 23ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal da 1ª Central de Inquéritos, denunciou o engenheiro Mário Marcelo dos Santos Santoro por feminicídio e ocultação de cadáver. Ele é suspeito por matar a ex-namorada, a advogada Cecília Müller Haddad.

De acordo com as investigações, o crime aconteceu na cidade de Sidney, na Austrália, entre os dias 28 e 29 de abril. Segundo o MPRJ, Santos matou a mulher estrangulando-a. O motivo seria a sua dificuldade em aceitar o término do relacionamento entre os dois. Após o feminicídio, o engenheiro ocultou o cadáver, jogando-o no rio Lane Cover.

Ainda segundo o Ministério Público fluminense, logo após matar a ex-namorada, Santos voltou para o Brasil para fugir das autoridades australianas. O engenheiro foi preso neste sábado (07/07), num apartamento em Botafogo, na Zona Sul do Rio, após o MPRJ obter na Justiça a decretação de sua prisão preventiva.

Segundo a denúncia, Santos poderá responder pelos crimes previstos nos artigos 121 e 211 do Código Penal brasileiro, respectivamente feminicídio e ocultação de cadáver.

error:
0