MPF apura se Bolsonaro cometeu crime de improbidade | Claudio Tognolli

O Ministério Público Federal (MPF) do Distrito Federal instaurou inquérito para averiguar se Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade ao exonerar José Olímpio Augusto Morelli, servidor do Ibama que multou Bolsonaro em R$ 10 mil por pesca irregular. Bolsonaro cometeu a infração em uma estação ecológica no litoral do Rio de Janeiro, em janeiro de 2012, quando ainda era deputado.

Segundo informações do UOL, a investigação foi iniciada a partir de representação enviada em abril deste ano pela Procuradoria da República em São Paulo.

Morelli foi o único exonerado dentre nove funcionários de mesmo nível hierárquico da diretoria em que ele estava.

error: