México extradita aos EUA “El Licenciado”, traficante sucessor de “El Chapo” – Claudio Tognolli
‘El Licenciado’ escoltado pela polícia após ser capturado na Cidade do México, foto de maio de 2017 (Foto: AP Photo/Jorge Barrera, APTN, File)

O narcotraficante Dámaso López Núñez, o “El Licenciado”, considerado o sucessor de Joaquín ‘El Chapo’ Guzmán no Cartel de Sinaloa, foi extraditado nesta sexta-feira (6) para os Estados Unidos, informou a Procuradoria Geral da República (PGR) do México.

“A PGR informa que nesta madrugada em Ciudad Juárez, Chihuahua, foi entregue em extradição Dámaso L. a autoridades dos Estados Unidos com base no tratado de extradição assinado entre os dois países”, informou o subprocurador jurídico e de Assuntos Internacionais da PGR, também suplente do procurador-geral, Alberto Elías.

López foi detido em 2 de maio de 2017 na Cidade do México por forças da Secretaria de Defesa e da PGR, e enfrenta acusações por associação criminosa e delitos contra a saúde em uma corte do distrito oeste do estado da Virgínia, nos EUA.

Considerado o braço direito de Guzmán, López é uma “testemunha-chave” no julgamento de ‘El Chapo’, que está previsto para setembro em Nova York, explicou Elías.

Em mensagem aos veículos de imprensa, o subprocurador detalhou que López saiu de madrugada de Ciudad Juárez e, em várias imagens cedidas pela PGR, é possível vê-lo algemado e dentro do avião em que foi transferido.

“A extradição era primordial tanto para as autoridades americanas como para as mexicanas, pela contribuição testemunhal que ele pode ter em relação a Joaquín Guzmán Loera, e significa um divisor de águas na relação de cooperação entre os dois países, particularmente na troca de informação”, disse Elías.

Dámaso López foi um dos homens fortes de ‘El Chapo’ e orquestrou a primeira fuga do criminoso de uma penitenciária em 2001, convertendo-se em seu homem de confiança.

 

 

 

error:
0