Marcos Pontes recebe deputada neonazista alemã e ministério apaga fotos do encontro | Claudio Tognolli

 

O ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, se reuniu com a deputada alemã de extrema direita Beatrix von Storch. As fotos do encontro, no entanto, foram apagadas da flataforma de fotos do ministério.

 

A reunião de Marcos Pontes com a dirigente do partido Alternativa para a Alemanha (AfD) ocorreu na quinta-feira e foi registrada na agenda oficial do ministro. A pauta não foi divulgada. As fotos foram apagadas no mesmo dia em que foi divulgado que o presidente Jair Bolsonaro também recebeu Von Storch.

A deputada neonazista alemã, que é neta do ex-ministro das Finanças de Aldolf Hitler, Lutz Schwerin von Krosigk. Na semana passada, a parlamentar já havia se reunido com os deputados federais Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e Bia Kicis (PSL-DF).

A Confederação Israelita do Brasil (Conib) repudiou a reunião realizada por Jair Bolsonaro com a deputada alemã Beatrix von Storch,o Alternativa para a Alemanha (AfD). “Trata-se de partido extremista, xenófobo, cujos líderes minimizam as atrocidades nazistas e o Holocausto”, disse a Conib.

O partido AfD (acrônimo em alemão que significa ‘Alternativa para a Alemanha’) é uma organização ultrarradical que abriga os membros mais extremistas do espectro político daquele país. A sigla defende abertamente ideias xenofóbicas, racistas, segregacionistas e violentas. Seus principais alvos são os muçulmanos, mas ainda pode ser notado um vigoroso antissemitismo em suas fileiras.

PUBLICIDADE

Ainda que seus quadros tenham perdido força durante o período da pandemia, a AfD tem um bancada significativa no Bundestag, o parlamento federal da Alemanha, com 92 deputados de um total de 709 da câmara.———

error: