Mais de 60% da população brasileira rejeita ter arma de fogo em casa; é o que revela pesquisa divulgada nesta terça-feira pelo Instituto Paraná Pesquisas | Claudio Tognolli

São eles, os que serão as prováveis vítimas das armas, o que mais rejeitam a posse de armas de fogo: 70,6% das mulheres, 66.9% dos jovens na faixa etária dos 16 aos 24 anos e 64,2% os brasileiros que possuem ensino fundamental.

A maior aceitação para a posse de armas acontece entre homens (47,6%) e pessoas com ensino superior (41,3%) – ou seja, possuir armas é um desejo que veicula a cultura do machismo e das elites.

No Brasil, 13 mulheres são vítimas de feminicídios por dia, segundo dados do Atlas da Violência 2018; de 2005 a 2015, o número de jovens mortos no país cresceu 16,7%, segundo o Atlas da violência de 2017.

error:
0