Líder do golpe na Bolívia anuncia candidatura a presidente | Claudio Tognolli

Do Rússia Today – Luis Fernando Camacho, que até sexta-feira era presidente do comitê da organização civil de Santa Cruz, anunciou sexta-feira sua renúncia a essa organização para apresentar sua candidatura à presidência da Bolívia.

Camacho, que liderou o golpe contra Evo Morales, anunciou sua renúncia à organização para perseguir “um sonho”.

“Presidir esta instituição [Comitê Cívico de Santa Cruz] é um sonho ao longo da vida […] mas eu tenho que abandoná-lo por causa de outro sonho, outro desejo mais forte: ser presidente da República da Bolívia e de lá servir com ele. toda a minha força para ver meu país próspero, unido e livre”, diz uma carta, espalhada em sua conta no Twitter.

Fontes próximas ao ex-presidente do Comitê de Santa Cruz disseram à Agência de Informação Boliviana (ABI) que o parceiro de chapa de Camacho seria Marco Pumari, presidente do Comitê Cívico de Potosí.

Camacho, que detém participações no Grupo Empresarial de Inversões Nacional Vida SA, empresas ligadas a seguros, gás e serviços, menciona Deus em todas as suas aparições. Mesmo após o golpe contra Morales, ele entrou no Palácio do Governo e orou ajoelhado no chão com uma Bíblia na bandeira boliviana.

Após a anulação das eleições de 20 de outubro, nas quais Evo Morales venceu mais de 10%, o governo de fato da autoproclamada presidente interina, Jeanine Áñez, convocou novas eleições.

Na última terça-feira, a Assembléia Legislativa Plurinacional (ALP)  aprovou  o regulamento e a convocação para a nomeação de novos membros do Supremo Tribunal Eleitoral (TSE), órgão responsável pela organização das eleições.

error:

Notice: Undefined index: prnt_scr_msg in /var/www/wp-content/plugins/wp-content-copy-protector/preventer-index.php on line 171