Justiça determina prisão preventiva do ex-presidente Rafael Correa, ex-presidente do Equador – Claudio Tognolli

A juíza Daniella Camacho atendeu a um pedido do Ministério Público do Equador e ordenou a prisão preventiva do ex-presidente Rafael Correa, nesta terça-feira 3.

O pedido de prisão foi feito pelo procurador-geral Paul Pérez, durante uma audiência de revisão de medidas cautelares aplicadas a Correa, na Corte Nacional de Justiça (CNJ) de Quito, de acordo com informações da ANSA.

A Procuradoria-Geral acusou Rafael Correa de descumprir uma ordem para se apresentar diante da Corte Nacional. O ex-presidente do Equador vive na Bélgica, e compareceu ao Consulado do Equador no país nesta segunda-feira 2.

Ele é acusado de envolvimento em uma tentativa de sequestro contra o ex-deputado de oposição Fernando Balda, na Colômbia, em 2012. Correa alega que não há nenhuma prova que o relacione com o caso.

error:
0