Jair Bolsonaro voltou a defender o filho Flávio Bolsonaro das acusações de desvio de dinheiro em seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro | Claudio Tognolli

Jair Bolsonaro voltou a defender o filho Flávio Bolsonaro das acusações de desvio de dinheiro em seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. “Está sobrando apenas ouvir o Queiroz. Mais nada”, afirmou Bolsonaro, segundo o site O Antagonista.

Para Bolsonaro, os 48 depósitos de R$ 2 mil não eram uma forma de fugir do Coaf. “Esse depósito feito por envelope o limite é de R$ 2 mil. Não sei quantos, talvez alguns milhões de depósito são feitos por semana nesse sentido”, disse.

error: