Guilherme Amado: “ACM Neto quer o presidente como amante”, ataca ministro de Bolsonaro

Metrópoles

O ministro da Cidadania, João Roma, ex-aliado de ACM Neto, acusou o ex-prefeito de Salvador de “utilizar Bolsonaro como amante”. Segundo Roma, o presidente do DEM quer explorar o capital político do presidente sem ter que defendê-lo. A frase foi dita ao jornalista Victor Pinto nesta terça-feira (1/2).

“O que fica aparentando é que o ex-prefeito fica querendo utilizar o presidente Bolsonaro como amante. Ele quer os votos de Bolsonaro, mas não quer passear de mão dada no shopping com Bolsonaro. Isso é uma posição muito confortável”, atacou Roma.

O ministro de Bolsonaro disse também que só estaria disposto a se reconciliar com ACM Neto caso o antigo aliado e amigo “assumisse” o presidente.

Roma foi chefe de gabinete de ACM Neto, com quem tinha uma amizade de mais de 20 anos. Os dois romperam em fevereiro de 2021 após Roma aceitar assumir o Ministério da Cidadania.

error: