Governo Bolsonaro já gastou quase R$ 8 milhões com cartões corporativos em 2020 | Claudio Tognolli

 Jair Bolsonaro e seus auxiliares gastam cada vez mais com cartões corporativos do governo federal e não dão transparência às despesas. É o que aponta reportagem de Gustavo Uribe e Thiago Resende publicada na Folha de S. Paulo. “Na gestão atual, foi gasto em média até agora R$ 672,1 mil por mês, o que representa uma alta de 51,7% em relação ao governo do emedebista”, apontam os jornalistas, que dizem que os gastos foram ligeiramente inferiores aos da gestão de Dilma Rousseff.

“Neste ano, até o mês de novembro, o presidente desembolsou mais no cartão corporativo do que no ano passado. Ele gastou R$ 7,86 milhões, contra R$ 7,6 milhões em 2019, seu primeiro ano de mandato”, aponta a reportagem. Procurado, o Palácio do Planalto afirmou que a maior parte dos gastos no cartão de Bolsonaro se refere a custos por causa de viagens pelo país e internacionais, mas não oferece à sociedade um detalhamento das despesas.

error: