Goleiro Bruno não será mais contratado pelo Operário futebol Clube | Claudio Tognolli

A direção do Operário Futebol Clube, time do Mato Grosso, não irá mais contratar o goleiro Bruno. A decisão aconteceu após a perda de patrocínios e dos protestos organizados por moradores da cidade e de torcedores do clube em função da repulsa ainda gerada pela execução violenta de Elisa Samudio, há 10 anos.

O goleiro estava envolvido no estrangulamento, esquartejamento e na ocultação do cadáver, em um crime premeditado que abalou a opnião pública do país em 2010.

André Xela, supervisor de futebol do Operário, disse: “foi uma pressão muito grande e dois patrocinadores acabaram desistindo. Sem dinheiro, você não consegue fazer futebol (…) A gente teve que desistir. Agradecemos o apoio de parte dos torcedores que havia apoiado nossa contratação, mas percebemos também que muitos não gostaram. Em prol do clube e da torcida, achamos melhor cancelar a contratação.”

A reportagem da revista Época destaca que “a saída de patrocinadores, diante da repercussão negativa da contratação, poderia inviabilizar as finanças do clube. Em entrevista ao jornal O Tempo, a advogada de Bruno, Mariana Migliorini, confirmou o fim da negociação com o clube. Segundo ela, o goleiro ficou “extremamente triste, sem dormir e sem comer” após saber da notícia. Disse ainda que os empresários de Várzea Grande não querem ter o nome de Bruno vinculado a eles “por conta da repercussão social”.

error:

Notice: Undefined index: prnt_scr_msg in /var/www/wp-content/plugins/wp-content-copy-protector/preventer-index.php on line 171