Filho de pastor R.R. Soares é cotado para assumir Cultura de Bolsonaro | Claudio Tognolli

Filho do pastor R.R Soares, líder da Igreja Internacional da Graça, o ex-deputado federal Marcos Soares (DEM-RJ) é o nome cotado para assumir a Secretaria Especial da Cultura, do Ministério da Cidadania.

Segundo reportagem do jornal O Globo, outros nomes estão sendo avaliados, mas o nome de Soares é o mais cotado. Nesta quinta, Jair Bolsonaro tem um encontro com o pastor R.R Soares.

Quando era deputado, Marcos Soares foi autor de projetos como a tentativa de incluir a disciplina de Moral e Cívica no currículo do ensino fundamental e uma lei que proíbe a cobrança de direitos autorais quando o autor e o intérprete ou executante são a mesma pessoa.

Na sua agenda de costumes, Bolsonaro tem dedicado atenção à pasta, que passou por sucessivas trocas e denúncias de censura.

Em agosto, o então secretário Henrique Pires deixou o cargo após polêmica envolvendo filmes com temática LGBT e um edital para a TV pública com tema dedicado a produções sobre diversidade de gênero. Ao deixar o cargo, Pires afirmou que preferia sair a “bater palma para censura”.

error:

Notice: Undefined index: prnt_scr_msg in /var/www/wp-content/plugins/wp-content-copy-protector/preventer-index.php on line 171