FHC já aponta risco de volta da inflação com Bolsonaro | Claudio Tognolli

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso já antevê a volta da inflação no País. É este o risco que ele aponta no artigo que publicou neste domingo.

 

“A crer no que se sente e se lê nos jornais, pouco a pouco a situação econômica do País está piorando. Será? Não tenho certeza, mas assim parece. Os sinais pipocam de todos os lados. Quase no final da semana passada os índices da bolsa, para usar o jargão, ‘desabaram’ e o dólar foi a quase R$ 6”, escreveu FHC.

No texto, o ex-presidente também parece sugerir a alta dos juros. “Além do mais, o Banco Central mantém os juros baixos. A taxa Selic foi definida pelo Copom em 2% para o ano, enquanto as próprias previsões ‘do mercado’ para a inflação (que nem sempre acerta…) já passam de 3%”, anotou. “Do ponto de vista da economia, o que mais me preocupa é a relativa omissão do governo. Juros muito baixos e descontrole fiscal podem levar rapidamente à inflação. Só quem cuidou dela no passado sabe o quanto tal ‘vírus’ é danoso: arrasa tudo e liquida em pouco tempo o salário dos pobres, mais do que a capacidade ou o ‘apetite’ para investir dos mais afortunados.”

error: