Federação Nacional da PF lamenta morte de policial durante tentativa de assalto no Rio: leia íntegra – Claudio Tognolli

A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) manifesta seu mais profundo pesar pelo falecimento do agente federal Luiz Carlos Dias, morto durante uma tentativa de assalto na Zona Oeste do Rio de Janeiro, na noite dessa terça-feira (26).

Luiz Carlos é o terceiro policial federal em menos de dois meses a se tornar vítima fatal da violência e da insegurança que assola o País. Além dele, outros 62 policiais também foram mortos no Rio de Janeiro só em 2018, o que demonstra o grau de risco da atividade desses profissionais, que não hesitam em arriscar as próprias vidas em prol da sociedade.

Luiz Carlos era tido pelos colegas como um excelente policial, colega e pai de família. Ela estava aposentado e deixa duas filhas.

A Fenapef se solidariza com a dor dos familiares, policiais e amigos e se compromete a empregar todos os esforços para que as investigações sigam de maneira célere e a justiça seja efetiva.

Histórico
Em maio deste ano, Mauro Sérgio Salles, de São Paulo (SP), e Davi Farias Aragão, de São Luís (MA), ambos policiais federais, foram mortos em circunstâncias semelhantes. Eles tentavam defender suas famílias de assaltos à mão armada às suas residências.

 

error:
0