Evo Morales vai à Cuba e deve se instalar na Argentina | Claudio Tognolli

Há quase um mês no México, em asilo político após sofrer um golpe que o depôs da presidência da Bolívia, Evo Morales partiu para Cuba nesta sexta-feira (6). O porta-voz do Ministério de Relações Exteriores, Roberto Velasco, assegurou que a viagem de Evo à Cuba é temporária.

Evo Morales planeja se instalar na Argentina, de acordo com o El País, após a posse da presidência por Albérto Fernández para que possa ficar mais próximo de seu país e poder organizar as candidaturas de seu partido, o Movimento ao Socialismo (MAS), juntamento com outros líderes.

À Reuters, um ex-assessor do governo de Evo afirmou que o ex-presidente foi à Cuba para se tratar com a mesma equipe médica que o atendeu na Bolívia quando ele necessitou cuidar de um nódulo na garganta.

Ainda segundo o El País, Evo gostaria de assistir à Posse de Fernández, mas a equipe do argentino o aconselhou esperar para que pudessem lhe dar todas as garantias de asilo e segurança.

error: