Empossado como ministro, Rogério Marinho é réu por desvio de dinheiro | Claudio Tognolli

Nomeado como ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho tornou-se réu em uma ação penal por suposto desvio de R$ 149,7 mil com a nomeação de funcionários fantasmas entre 2005 e 2006, quando era vereador e presidente da Câmara Municipal de Natal (RN).

A informação é dos jornalistas Fabio Leite e Fabio Serapião, da Crusoé. De acordo com a reportagem, o MP estadual acusa o atual ministro de pagar com dinheiro da Câmara funcionários que, na verdade, davam expediente numa clínica que prestava atendimento médico a seus eleitores.

error: