Eduardo Bolsonaro recomenda que bailes de Paraisópolis não sejam frequentados: "quer preservar sua vida?" (vídeo) | Claudio Tognolli

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) usou as redes sociais para se proncunciar, com mais de uma semana de atraso, sobre a matança promovida pela Polícia Militar em um baile funk de Paraisópolis, segunda maior favela de São Paulo.

Na ocasião, nove jovens morreram e diversos vídeos evidenciando abusos de autoridade circularam pelas redes.

Nesta segunda-feira (9), Eduardo saiu em defesa dos policiais militares e os deu “total apoio”. Ele também culpou a população por não cooperar com a polícia.

O deputado recomendou que Paraisópolis não seja frequentada, em tom de ameaça. “Quer preservar sua vida? Frequente outros lugares”.

error: