Durante entrevista coletiva na 54ª Cúpula do Mercosul, em Santa Fé, na Argentina, Bolsonaro disse que, desde 2003, todos os embaixadores do Brasil em Washington "não fizeram nada de bom."  | Claudio Tognolli

Durante entrevista coletiva na 54ª Cúpula do Mercosul, em Santa Fé, na Argentina, Bolsonaro disse que, desde 2003, todos os embaixadores do Brasil em Washington “não fizeram nada de bom.”

“Ele [Eduardo Bolsonaro] ganhou notoriedade, tem rodado o mundo todo, tem uma amizade com a família Trump Imagine se o filho do Macri [Maurico Macri, presidente da Argentina] fosse embaixador no Brasil, ligando para mim, querendo falar comigo, quando ele seria atendido? Amanhã, semana que vem, ou imediatamente?  É essa que é a intenção. Se vocês pegarem de 2003 para cá, o que os embaixadores nossos, que tivemos do Brasil nos Estados Unidos , fizeram de bom para nós? Nada”, criticou.

A declaração é uma agressão aos embaixadores Antonio Barbosa (1999-2004), Roberto Abdenur (2004-2007), Antonio Patriota (2007 a 2009), Mauro Vieira (2010 a 2014), Luiz Alberto Figueiredo (2015 a 2016) e Sergio Amaral (2016 até junho deste ano).

error:

Notice: Undefined index: prnt_scr_msg in /var/www/wp-content/plugins/wp-content-copy-protector/preventer-index.php on line 171