Diretor do Datafolha, Mauro Paulino, usando seu olhar técnico como analista de pesquisas, admite que a subida de Bolsonaro foi impulsionada por uma fraude – Claudio Tognolli

O próprio diretor do Datafolha, Mauro Paulino, usando seu olhar técnico como analista de pesquisas, admite que a subida de Bolsonaro foi impulsionada por uma fraude. Ele explica que a onda na reta final do primeiro turno foi patrocinada por práticas ilegais de uso massivo do WhatsApp com caixa dois digital patrocinado ilegalmente por empresas.

“PESQUISAS ELEITORAIS evidenciaram a impulsão da onda nos momentos finais. RJ, MG e DF são claros exemplos. Ao se comparar as fotos das vésperas, registradas por Ibope e Datafolha, em comparação com a foto das urnas, o fenômeno é claramente explicitado.” A seguir, no tuíte, o link para a manchete da Folha desta quinta-feira: “Empresários bancam campanha contra PT pelo WhatsApp”.

Da manhã e no início da tarde, Fernando Haddad também usou o Twitter para denunciar o esquema milionário de Jair Bolsonaro bancado por empresas para fraudar as eleições e anunciou que sua campanha vai acionar a Polícia Federal e a Justiça Eleitoral. Segundo Haddad, o PT tem informações segundo as quais há 156 empresários envolvidos na fraude.

error:
0