Dinheiro nas nádegas: Barroso suspende decisão de afastar Chico Rodrigues | Claudio Tognolli

Metrópoles

O ministro do STF havia determinado o afastamento do senador por 90 dias, contudo, o parlamentar enviou pedido de licença ao Senado

 

DANIEL FERREIRA/METRÓPOLES
Oministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu nesta terça-feira (20/10) suspender a liminar, proferida por ele, que determinava o afastamento por 90 dias do senador Chico Rodrigues (DEM-RR) do cargo.

A medida ocorreu após o próprio parlamentar apresentar ao Senado federal um pedido de afastamento por 121 dias. Ele foi alvo de uma operação da Polícia Federal, na qual a força-tarefa encontrou dinheiro escondido nas nádegas de Rodrigues.

A licença foi uma solução costurada com diversos aliados no sentido de evitar a cassação. Mais cedo, a assessoria do parlamentar havia confirmado a licença de 90 dias. E pontuou que o afastamento era “irrevogável, irretratável e sem recebimento de salário no período”.

A retificação do período teria sido acertada na reunião de líderes. A avaliação do grupo é que menos de quatro meses ainda traria desgastes para o Senado.

error: