Covid volta a liderar causas de morte no país, segundo cartórios

Metrópoles

 

Na última semana, mortes causadas pela doença superaram os óbitos decorrentes de AVC. A última vez que isso ocorreu foi em outubro de 2021

Hospital Ronaldo Gazolla, referência no tratamento de Covid no Rio de janeiro pacientes utiAline Massuca/Metrópoles
Covid-19, novamente, se tornou a principal causa de óbitos no Brasil, segundo dados de cartórios de registro civil.

Na semana encerrada no último sábado (16 a 22 de janeiro), foram registradas 1.976 declarações de óbito com a doença como causa, enquanto os óbitos por acidente vascular cerebral (AVC) totalizam 1.293. Os números constam no portal da transparência da Arpen-Brasil (Associação de Registradores de Pessoas Naturais).

A última vez em que isso ocorreu foi na semana entre 10 e 16 de outubro de 2021. A taxa de transmissão do coronavírus tem crescido no país nas últimas semanas, em face do avanço da variante Ômicron, mais transmissível que as demais cepas.

1

O prazo para inserção das informações na plataforma é de até 15 dias. Portanto, os números ainda podem ser atualizados.

Na terça-feira (25/1), o Brasil registrou 487 mortes provocadas pela Covid – o maior número de notificações em um único dia desde 14 de novembro do ano passado, quando 731 óbitos foram contabilizados. A média está em 332 mortes ao dia, o que equivale a um aumento de 171% em comparação à taxa verificada há 14 dias.

No total, o Brasil perdeu 623.843 vidas para a doença e computou 24.311.317 casos de contaminação.

error: