Bolsonaro recua e diz que não irá conceder subsídios para contas de energia de templos religiosos | Claudio Tognolli

Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (15) que o governo não deverá conceder subsídios visando reduzir as tarifas de energia elétrica para templos religiosos. Segundo ele, o líder da frente parlamentar evangélica, Silas Câmara (Republicanos-AM), juntamente com o pastor R.R. Soares, teria apresentado uma proposta sobre o assunto nesta manhã, mas foi informado que o projeto não seria levado adiante.

“Conversei hoje com o Silas Câmara sobre isso, trouxe a proposta dele, estava o R.R. Soares também. O impacto seria mínimo na ponta da linha, mas a política da Economia é não ter mais subsídios. Falei com eles que está suspensa qualquer negociação nesse sentido”, justificou Bolsonaro ao sair de uma reunião no Ministério da Defesa.

Bolsonaro admitiu, porém, que pediu a elaboração de pareceres sobre o assunto visando avaliar os prós e contras da medida, mas que a decisão era sua. “Não tem negociação nesse sentido. É uma decisão minha, um decreto meu. Eu, logicamente, pego pareceres, no caso aqui, das Minas e Energias, na Fazenda. E é fácil fazer um parecer contra e favor. Às vezes, a gente pede, realmente, um parecer, onde conste aí uns prós e contras, para eu decidir”, disse.

error:

Notice: Undefined index: prnt_scr_msg in /var/www/wp-content/plugins/wp-content-copy-protector/preventer-index.php on line 171