Bolsonaro posta vídeo em que apoiadora pede para ele "por Exército na rua" e ataca governadores e imprensa | Claudio Tognolli

Um dia após apagar um vídeo com fake news sobre desabastecimento na Ceasa de Belo Horizonte, Jair Bolsonaro postou novo vídeo em suas redes sociais nesta quinta-feira (2) onde uma mulher, que se identifica como professora, pede aos gritos, na porta do Palácio da Alvorada, que ele coloque o Exército para abrir à força o comércio e ataca com violência os governadores e a imprensa. “Você pode ter certeza que a senhora fala por milhões de pessoas”, disse Bolsonaro em resposta.

“É difícil para o senhor porque só tem gente para derrubar. Mas, o senhor tem o povo e eu faço parte dele. Eu tô aqui pedindo: põe o Exército na rua, presidente, abra esse comércio. Sou professora e não estou podendo dar aula”,  diz a mulher na saída do Palácio da Alvorada. “Você pode ter certeza que a senhora fala por mihões de pessoas”, respondeu Bolsonaro. A divulgação do vídeo vem na esteira das críticas feitas por Bolsonaro à imposição da quarenta como forma de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Bolsonaro defende o fim do isolamento e o retorno mediato ao trabalho, indo na direção contrária de protocolos internacionais da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do próprio Ministério da Saúde.

Veja o vídeo.

https://www.facebook.com/watch/?v=232038091277469

error: