Autoproclamação de senadora viola Constituição e Parlamento, denuncia Evo | Claudio Tognolli

O presidente deposto da Bolívia, Evo Morales, denunciou nesta segunda-feira, 12, a decisão da senadora oposicionista e segunda vice-presidente do Senado Jeanine Áñez, que declarou-se presidente da Bolívia.

“Denuncio à comunidade internacional que o ato de autoproclamação de uma senadora como presidente viola o CPE [Constituição Política do Estado] da Bolívia e as regras internas da Assembléia Legislativa. Se consuma com o sangue de irmãos mortos pelas forças policiais e militares usadas para o golpe”, disse Morales pelo Twitter.

A Bolívia atravessa um golpe de estado após as Forças Armadas pedirem a renúncia do presidente Evo Morales. O capítulo anterior da crise envolve acusações de fraude na eleição que escolheu Morales para mais um mandato presidencial. Forçado a renunciar, Evo partiu para o México, onde recebeu asilo político.

Evo Morales Ayma

@evoespueblo

Denuncio ante la comunidad internacional que el acto de autoproclamación de una senadora como presidenta viola la CPE de Bolivia y normas internas de la Asamblea Legislativa. Se consuma sobre la sangre de hermanos asesinados por fuerzas policiales y militares usadas para el golpe

20,5 mil pessoas estão falando sobre isso
error:

Notice: Undefined index: prnt_scr_msg in /var/www/wp-content/plugins/wp-content-copy-protector/preventer-index.php on line 171