Aprovação de Bolsonaro volta a cair e reprovação sobe, principalmente entre mais pobres | Claudio Tognolli

Pesquisa XP/Ipespe feita nos dias 2, 3 e 4 de fevereiro e divulgada nesta segunda-feira (8) revela nova queda na aprovação de Jair Bolsonaro, seguindo em trajetória crescente a reprovação à gestão do governo federal.

De acordo com o levantamento mais recente, o percentual de pessoas que avaliaram o governo como “ótimo/bom” caiu de 33% para 30%, informou a jornalista Mônica Bergamo, que antecipou os dados do levantamento.

Já o índice de “ruim/péssimo” saltou de 40% para 42%. A alta na reprovação é impulsionada principalmente pelo grupo dos mais pobres (entre os que ganham até dois salários mínimos ela saltou de 39% para 45%) e pelas regiões Norte-Centro-Oeste (32% para 40%) e Nordeste (43% para 48%).

Na pesquisa anterior, divulgada em 18 de janeiro, a avaliação de ruim e péssimo havia subido de 35% para 40%, enquanto o índice de bom e ótimo caíra de 38% para 32%.

O quadro tem piorado com o fim do auxílio emergencial e as declarações contra vacina, saúde pública e o combate à pandemia de forma geral.

error: