Após caso de covid-19, China testa cidade inteira | Claudio Tognolli

Deutsche Welle

Médico colhe material para teste de covid-19 Testagem em massa faz parte de estratégia chinesa de combate ao coronavírus

A China reportou nesta segunda-feira (26/10) o maior número de casos assintomáticos de covid-19 em quase sete meses, identificados nos primeiros resultados de uma testagem em massa que está sendo realizada na cidade de Kashgar, no noroeste do país. A medida foi imposta após a descoberta de um caso numa fábrica de roupas da região.

Segundo autoridades de saúde, até domingo, foram descobertas 137 infecções pelo coronavírus entre os testes que estão sendo realizados nos 4,75 milhões de moradores de Kashgar e arredores, cidade localizada na região de Xinjiang.

A testagem em massa começou na noite de sábado, depois de uma jovem de 17 anos que trabalha numa fábrica têxtil testar positivo para a covid-19. Não está claro onde ela teria contraído o vírus.

Segundo a agência estatal de notícias chinesa, Xinhua, todos os novos casos estão ligados a uma fábrica de roupas onde os pais da jovem trabalham. Os pais teriam, porém, testado negativo.

Cidade onde a covid-19 surgiu volta à normalidade

A infecção da jovem foi descoberta durante testes semanais de rotina realizados em Xinjiang, nos quais grupos-chave são testados. A imprensa também informou que um trabalho de rastreamento está sendo realizado para detectar a origem do surto.

O número de casos assintomáticos registrados no atual surto foi o maior desde que a China começou a contabilizar esse tipo de infecção, no início de abril – elas não são contabilizadas como casos confirmados. Até o momento, mais de 2,8 milhões de pessoas em Kashgar foram testadas. A testagem em massa da população deve ser concluída na terça-feira.

Estratégia chinesa

Rápidas testagens em massa fazem parte da estratégia da China para controlar o avanço da doença. Uma medida semelhante foi adotada após a identificação de casos em Qingdao, no leste do país, em meados de outubro.

A campanha de testagem em massa de Qingdao foi a primeira realizada em meses. A cidade de Wuhan, onde o Sars-Cov-2 foi detectado pela primeira vez, no fim do ano passado, testou toda a sua população de 11 milhões de habitantes. Testagens envolvendo milhões de amostras também foram realizadas em Pequim e Ürümqi.

O coronavírus foi descoberto no final do ano passado em Wuhan, antes de se espalhar pelo mundo. Depois de registrar centenas de infecções diárias em fevereiro, a China conseguir conter a expansão da epidemia em seu território com testes em massa e duras quarentenas que isolaram cidades inteiras.

Ao todo, autoridades de saúde chinesas já registraram 85.810 casos confirmados da doença na China continental e apenas 4.534 mortos em decorrência da covid-19.

 

error: