ANÁLISE DE 1,8 MILHÃO DE DOCUMENTOS DA ODEBRECHT MOSTRA QUE PROPINODUTO DA PETROBRAS ABASTECEU A EMPRESA, LEIA A ÍNTEGRA – Claudio Tognolli

“O laudo que ficou público hoje mostra uma análise feita pelos criminais federais nos bancos de dados da Odebrecht, o Drousys e o Mywebday. O documento comprova que dinheiro da Petrobras foi usado para abastecer um caixa de propinas da empresa. A análise foi feita para responder a questionamentos do juiz Sérgio Moro, do MPF e da defesa do ex-presidente Lula no caso do sítio. A principal conclusão obtida, por meio da análise científica dos dados, é que o caso tem ligação com a Petrobras,” conta Marcos Camargo, presidente da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF).

A APCF já leu o documento. Segue avaliação feita pelo presidente da instituição, Marcos Camargo, que representa os peritos criminais federais, responsáveis pela elaboração do laudo.

LEIA A ÍNTEGRA:

Laudo 808_2018

error:
0