A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) saiu em defesa do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, que foi chamado de mentiroso pelo vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ) – Claudio Tognolli

A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) saiu em defesa do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, que foi chamado de mentiroso pelo vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ) nesta quarta-feira, 13.

“Não pode se misturar as coisas. Filho de presidente é filho de presidente. Temos que tomar cuidado para não fazer puxadinho da Presidência da República dentro de casa para expor um membro do alto escalão do governo dessa forma”, disse Joice.

É um alento para o ministro que pode cair, após o escândalo das candidaturas laranjas do PSL. “Ontem estive 24h do dia ao lado do meu pai e afirmo: É uma mentira absoluta de Gustavo Bebianno que ontem teria falado 3 vezes com Jair Bolsonaro para tratar do assunto citado pelo Globo e retransmitido pelo Antagonista”, escreveu Carlos (leia mais).

Segundo a parlamentar, as críticas do filho do presidente Jair Bolsonaro causaram mal-estar na bancada do PSL e provocam um desgaste desnecessário para o governo.

“Quem pode fazer crítica pública é o próprio presidente da República. Esse caso expõe não só o ministro, mas também o governo do próprio presidente”, declarou.

O deputado Alexandre Frota entrou na discussão e disse que o seu partido, o PSL, “não passará a mão na cabeça de bandido” no caso das candidaturas laranjas envolvendo membros da legenda. “Qualquer secretário, deputado, ministro envolvido em qualquer coisa, essa laranja podre vai cair”, afirmou o parlamentar. “O PSL não é um partido de laranjas”, completou

error:
0