Em sua primeira viagem ao Nordeste desde que foi eleito, o presidente Jair Bolsonaro fará uso de um helicóptero para evitar os protestos previstos durante sua passagem pelo Recife nesta sexta-feira (24). | Claudio Tognolli

Em sua primeira viagem ao Nordeste desde que foi eleito, o presidente Jair Bolsonaro fará uso de um helicóptero para evitar os protestos previstos durante sua passagem pelo Recife nesta sexta-feira (24). O Nordeste é a Região em que Bolsonaro registra a pior avaliação de seu governo, com 39% da população considerando sua gestão ruim ou péssima, segundo pesquisa do Datafolha divulgada em abril.

A chegada de Bolsonaro na capital pernambucana está prevista para acontecer por volta de 9h20, quando ele desembarcará na Base Aérea do Recife. Dali, ele embarcará em um helicóptero para o Instituto Ricardo Brennand para participar da reunião do conselho deliberativo Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), junto com os governadores nordestinos. Ao todo, oito dos nove gestores estaduais fazem oposição ao governo Bolsonaro.

No local deverá acontecer um protesto agendado por estudantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), que contará até com queima de um caixão. Em seguida, Bolsonaro deverá ir à Petrolina, onde entregará imóveis do programa Minha Casa, Minha Vida e assinar ordem de serviços para a pavimentação de rodovias, onde também estão previstos protestos contra sua gestão.

error: